Younger: minha série favorita da vez

Estava tão carente de uma boa série na TV, que fosse leve, divertida e com figurino e empregos bacanas! Não sou adepta desses seriados no Netflix (ainda) e morro de nostalgia dos tempos de The Hills, The O.C, Lipstick Jungle! Mas agora encontrei uma pra me entreter e que virou minha série favorita: Younger.

Younger: minha série favorita da vez

Criada por Darren Star (é inspirada no livro de Pamela Redmond Satran), o mesmo nome por trás de grandes sucessos como Barrados no Baile, Sex&The City e Melrose Place, Younger estreou em março de 2015 e chegou no Brasil pelo E! alguns meses depois, porém eu só descobri ano passado!

A série conta a história de Liza Miller (Sutton Foster), recém-divorciada, tem que deixar a sua casa e voltar ao mercado de trabalho depois de 15 anos inativos. Com 40 anos, descobre nas entrevistas que não há muita opção para ela. Então ela decide se passar por 26 – depois de encontrar um jovem rapaz tatuador num bar que achou que ela tivesse 20 e poucos – e pronto: consegue um emprego na editora Empirical.

Lá, sua colega de trabalho é Kelsey Peters (interpretada por Hillary Duff) sua chefe é Diana Trout, apaixonada pelo dono bonitão da editora, que por sua vez começa a gostar de Liza e que por sua vez, começa a namorar o tal jovem rapaz tatuador que encontrou no bar.

O figurino é bacana sem aquelas produções mirabolantes, nada de vida real: Liza tem que parecer jovem, por isso abusa de estampas (principalmente xadrez), minissaias e jaquetas. Kelsey é mais feminina e traz ótimas produções para o trabalho. Destaque para os cabelos das duas! Já Diana adora as bijoux (ela usa cada máxi colar!) e tem um gosto mais requintado – aliás, sua casa que apareceu na terceira temporada é linda!

Younger: minha série favorita da vez

Outra coisa que adoro é o ambiente de trabalho: a Empirical é uma editora de livros e o dia-a-dia é bem interessante. O que mais me chama a atenção são os computadores Sony Vaio branquinhos!

Younger: minha série favorita da vez

Adoro que cada episódio tenha só 22 minutos: é rápida, sem enrolação. Passa toda segunda-feira no E! às 13h com dois episódios e dublado. Mas você pode assistir todas as temporadas – inclusive a que ainda está passando no E! – no site Duffsters, com legendas – super dica da seguidora Keila! Agora já estou esperando a quarta temporada que estreia amanhã, dia 28 de junhos, nos EUA. E a quinta já está confirmada!

Quem mais asssiste?

No Comments Yet

Hello! Comentários são sempre bem-vindos!

Instagram @livinggazette
  • Convites especiais que merecem ser emoldurados! Achei eles ontem por acaso numa arrumação que estava fazendo! #livinggazette10anos
  • Adoro a história de mudança de carreira da Dani Pelipas, sócia e co-fundadora da @bolodamadre , a marca de confeitaria simples que a cada ano se expande mais e mais pelo país. Dani é minha amiga, foi blogueira e consultora de moda (foram tantas semanas de moda e eventos juntas!) mas em 2013, insatisfeita e inquieta, resolveu mudar completamente de ramo: se uniu a sua amiga Fernanda Castanheda, para criar a Bolo da Madre, que saiu do papel para a primeira loja em 6 meses. 4 anos depois, as duas gerenciam um negócio que tem nada menos que 42 lojas pelo Brasil e 1,5 milhão de bolos vendidos. Dani dá crédito ao começo destemido: "Acredito que o sucesso se dá por não ter medo de errar, de experimentar, de testar possibilidades e caminhos. A inexperiência no início da Bolo, nos  permitiu isso, já que no começo não se tem plateia ou sucesso envolvidos. Aliás, numa sociedade que estimula as pessoas a vincularem o sucesso ao que elas produzem ou a posição que ocupam, quando não se tem fama e/ou sucesso atrelados a sua imagem pessoal estamos sempre mais dispostos a ser corajosos e a correr riscos. Minha sócia e eu não temos vaidade e habilidade alguma para exposição o que nos estimula ainda mais a mostrar e exercitar nossos dons e talentos exclusivamente nos negócios." Para refletir e se inspirar! #carreira #historiasdesucesso #livingparceria
  • ❤️adoro o estilo da @nickyhilton a irmã mais nova e discreta da Paris: sua casa em NY reflete bem esse seu estilo tradicional mas com leveza. Tem tour no blog! @archdigest 👉🏻www.livinggazette.com (link na bio) #decortour #nickyhilton
  • Sou apaixonada por essa flor de papel do perfume Valentina, do Valentino, que ganhei no lançamento, anos atrás: depois de muito tempo, encontrei um jeito de dar destaque a caixa rosinha, com essa bandeja de vidro usada ao contrário, como uma vitrine. A ideia era colocar uma moldura-caixa na parede mas assim parece muito mais especial #homeoffice #valentino #fashiondecor
  • Se pudesse, passaria a vida reformando cozinhas! Depois dos escritórios, é meu espaço preferido! Olha que graça essa, que saiu na @revistaminhacasa desse mês: adoro os armários com cores diferentes em cima e embaixo - se fosse reformar a minha hoje, seria assim. O piso é um porcelanato que imita madeira, que traz a beleza e aconchego da madeira com a praticidade do piso frio. Uma cozinha pequena mas toda charmosa! #cozinha #porcelanato #aptopequeno
  • O apto charmoso e elegante a la anos 50 da Midge, da série The Marvelous Mrs. Maisel! Se não conhece ainda esse novo seriado (da criadora de Gilmore Girls e vencedor de 2 Globos de Ouro), vai querer ver depois do post com o tour pelo apto da Mrs. Maisel! Hoje no blog: www.livinggazette.com (link na bio) #themarvelousmrsmaisel #amazonprime #50sdecor
  • 👊🏻hello segunda!
  • Um charme só esse escritório, da fundadora do Studio Oh! Joy, em Los Angeles. Os tons pastel e o mix despretensioso de texturas e estilos são os destaques do espaço. Tem tour no post de hj no blog 👉🏻 www.livinggazette.com (link na bio) #office #pasteltones
  • ✨💵💰quero esse luminoso bem em frente à minha mesa
  • Back to the office 🙈ai, como é difícil voltar à rotina não? Estou bem perdida aqui, ainda não liguei o modo "blog, post, redes sociais", fiquei muito tempo bem desconectada e não se liga assim de uma hora pra outra. Mas vamos que vamos! Helllllloooo segunda!
  • Separei a autobiografia da Danuza Leão para levar pro meu pai e resolvi reler algumas linhas - e não consigo parar! Esse livro é maravilhoso, li logo que lançou e fiquei abismada com a vida que Danuza teve, digna de livro mesmo. É ler e conhecer mais a história do Rio, do Brasil, da alta roda na Europa. E ela tem um dom pra escrita que torna a leitura deliciosa - recomendo demais também o "Na sala com Danuza" (de 1992) sobre etiqueta e "É tudo tão simples" com dicas e pensamentos sobre a vida
  • As revistas intocáveis - edições de 2004, 2005,2006, 2010 e 2012 - que guardei por tanto tempo tb estão indo embora. Revi todas elas, e vi que já não me inspiravam mais - mas já me inspiraram muito! Fotografei o que gostava e fiquei com meia dúzia só. Nem eu tô acreditando que chegaria esse dia! Parece que estou até de mudança (essas limpas a gente só faz qdo vai se mudar; tomara!) #fashionmagazines #voguebrasil #fashion2000s