Bases e corretivos de alta cobertura: meus novos preferidos

Um brinde que veio com os meus 30 anos: as manchas na pele que resolveram aparecer todas de uma vez na minha vida. Sempre tive sardas e pintas e adoro todas elas, mas as manchas…enquanto não encaro um laser, a saída é investir em bases e corretivos que camuflam o problema. Por anos usei a Dermablend, da Vichy, mas enjoei: queria outras opções, para me animar mais na hora da maquiagem. Encontrei ótimas bases e corretivos, a preços camaradas, que melhoraram muito o acabamento final da make. Eis meus preferidos atuais:

Bases e corretivos de alta cobertura

Base Dermacol, cor 207: essa base da República Tcheca é a nova sensação para quem quer uma super cobertura. Com uma textura de pomada, ela mais do que cobre: a pele fica mais lisinha visualmente e isso foi o que mais gostei. Tem que dar o acabamento em pó (vem até na bula isso), senão fica oleosa, a grande reclamação das meninas – mas pra mim, mesmo sem pó, achei normal. A cor mais procurada é a 210, que vive esgotada, então fui de 207, que é super similar. Aliás, o grande truque dessa base é escolher a cor certa, já que as muitas opções são um tanto confusas, ainda mais pela internet. Acha para vender no Mercado Livre – a minha comprei lá, por R$ 53 já com o frete.

Base Ruby Rose Matte, cor L4: um verdadeiro fenômeno essa base, pelo acabamento e principalmente preço. Produzida na China, ela custa entre R$ 10 e R$ 15 e realmente é maravilhosa. Cobre super bem e é sequinha, nem parece que você está usando produto. Devido à procura, algumas cores são bem concorridas e vivem esgotadas, como a L2 e L4. Confesso que um detalhe me deixa apreensiva de usar todos os dias: muitas meninas relataram que essa base causou espinhas. Para evitar o problema, protejo bem a pele antes e limpo bem depois. So far, so good! Você encontra em lojas de produtos chineses ou na loja online da marca.

Base Matte Tracta, cor 02: outro produto bem falado e que eu estava curiosa para usar. Essa base da Tracta realmente tem boa cobertura e é muito fácil de espalhar. Só acho que ela não fica tão sequinha quanto as outras, mas nada que um pouco a mais de pó não resolva. A marca também me passa confiança, o que é um bônus. Custa em média R$ 30 e você encontra em farmácias, lojas de beleza e grandes redes como Renner e Riachuelo.

Corretivo líquido efeito matte Tracta, cor médio: esse corretivo da Tracta é famoso há anos, eu mesma já tinha usado a versão anterior. E realmente me surpreendeu a cobertura e o quanto rende: tem que dosar bem porque um tiquinho é suficiente. Super fácil de espalhar e assim como a base, o ideal é cobrir com pó. Também à venda em farmácias, lojas de beleza e grandes redes, em média custa R$ 22.

Corretivo Naked Skin Ruby Rose, cor L2: assim como a base baratex, esse corretivo da Ruby Rose ganhou fama pelo custo-benefício. Tem textura sequinha, super confortável e também cobre bem. Custa em torno de R$ 12, mas já vi para vender por R$ 7! À venda nas lojas chinesas (de bijoux, beleza e mil utilidades) e na loja online da marca.

Cada vez mais descubro opções boas e acessíveis (e várias nacionais) para acrescentar na penteadeira! Na lista dos que ainda quero testar estão: a base HD da Vult, assim como o corretivo deles, o corretivo de alta cobertura da Natura Una e o corretivo colorido amarelo da Ruby Rose. Também soube que a Quem disse, Berenice? tem uma base de alta cobertura ótima, já fiquei tentada também!

Já usaram ou usam algum desses produtos?

No Comments Yet

Hello! Comentários são sempre bem-vindos!

Instagram @livinggazette
  • Convites especiais que merecem ser emoldurados! Achei eles ontem por acaso numa arrumação que estava fazendo! #livinggazette10anos
  • Adoro a história de mudança de carreira da Dani Pelipas, sócia e co-fundadora da @bolodamadre , a marca de confeitaria simples que a cada ano se expande mais e mais pelo país. Dani é minha amiga, foi blogueira e consultora de moda (foram tantas semanas de moda e eventos juntas!) mas em 2013, insatisfeita e inquieta, resolveu mudar completamente de ramo: se uniu a sua amiga Fernanda Castanheda, para criar a Bolo da Madre, que saiu do papel para a primeira loja em 6 meses. 4 anos depois, as duas gerenciam um negócio que tem nada menos que 42 lojas pelo Brasil e 1,5 milhão de bolos vendidos. Dani dá crédito ao começo destemido: "Acredito que o sucesso se dá por não ter medo de errar, de experimentar, de testar possibilidades e caminhos. A inexperiência no início da Bolo, nos  permitiu isso, já que no começo não se tem plateia ou sucesso envolvidos. Aliás, numa sociedade que estimula as pessoas a vincularem o sucesso ao que elas produzem ou a posição que ocupam, quando não se tem fama e/ou sucesso atrelados a sua imagem pessoal estamos sempre mais dispostos a ser corajosos e a correr riscos. Minha sócia e eu não temos vaidade e habilidade alguma para exposição o que nos estimula ainda mais a mostrar e exercitar nossos dons e talentos exclusivamente nos negócios." Para refletir e se inspirar! #carreira #historiasdesucesso #livingparceria
  • ❤️adoro o estilo da @nickyhilton a irmã mais nova e discreta da Paris: sua casa em NY reflete bem esse seu estilo tradicional mas com leveza. Tem tour no blog! @archdigest 👉🏻www.livinggazette.com (link na bio) #decortour #nickyhilton
  • Sou apaixonada por essa flor de papel do perfume Valentina, do Valentino, que ganhei no lançamento, anos atrás: depois de muito tempo, encontrei um jeito de dar destaque a caixa rosinha, com essa bandeja de vidro usada ao contrário, como uma vitrine. A ideia era colocar uma moldura-caixa na parede mas assim parece muito mais especial #homeoffice #valentino #fashiondecor
  • Se pudesse, passaria a vida reformando cozinhas! Depois dos escritórios, é meu espaço preferido! Olha que graça essa, que saiu na @revistaminhacasa desse mês: adoro os armários com cores diferentes em cima e embaixo - se fosse reformar a minha hoje, seria assim. O piso é um porcelanato que imita madeira, que traz a beleza e aconchego da madeira com a praticidade do piso frio. Uma cozinha pequena mas toda charmosa! #cozinha #porcelanato #aptopequeno
  • O apto charmoso e elegante a la anos 50 da Midge, da série The Marvelous Mrs. Maisel! Se não conhece ainda esse novo seriado (da criadora de Gilmore Girls e vencedor de 2 Globos de Ouro), vai querer ver depois do post com o tour pelo apto da Mrs. Maisel! Hoje no blog: www.livinggazette.com (link na bio) #themarvelousmrsmaisel #amazonprime #50sdecor
  • 👊🏻hello segunda!
  • Um charme só esse escritório, da fundadora do Studio Oh! Joy, em Los Angeles. Os tons pastel e o mix despretensioso de texturas e estilos são os destaques do espaço. Tem tour no post de hj no blog 👉🏻 www.livinggazette.com (link na bio) #office #pasteltones
  • ✨💵💰quero esse luminoso bem em frente à minha mesa
  • Back to the office 🙈ai, como é difícil voltar à rotina não? Estou bem perdida aqui, ainda não liguei o modo "blog, post, redes sociais", fiquei muito tempo bem desconectada e não se liga assim de uma hora pra outra. Mas vamos que vamos! Helllllloooo segunda!
  • Separei a autobiografia da Danuza Leão para levar pro meu pai e resolvi reler algumas linhas - e não consigo parar! Esse livro é maravilhoso, li logo que lançou e fiquei abismada com a vida que Danuza teve, digna de livro mesmo. É ler e conhecer mais a história do Rio, do Brasil, da alta roda na Europa. E ela tem um dom pra escrita que torna a leitura deliciosa - recomendo demais também o "Na sala com Danuza" (de 1992) sobre etiqueta e "É tudo tão simples" com dicas e pensamentos sobre a vida
  • As revistas intocáveis - edições de 2004, 2005,2006, 2010 e 2012 - que guardei por tanto tempo tb estão indo embora. Revi todas elas, e vi que já não me inspiravam mais - mas já me inspiraram muito! Fotografei o que gostava e fiquei com meia dúzia só. Nem eu tô acreditando que chegaria esse dia! Parece que estou até de mudança (essas limpas a gente só faz qdo vai se mudar; tomara!) #fashionmagazines #voguebrasil #fashion2000s